Saiba um dos segredos para alcançar o sucesso no seu relacionamento amoroso


Você se sente uma pessoa sozinha? Não consegue achar um companheiro(a) adequado para a sua vida? Sente que o tempo está passando e que vai ficar solteira(o)?


A chave básica para ter um relacionamento que dê certo, passa por amar a si mesmo antes de amar a outra pessoa, e procurar alguém que você consiga identificar "algo" que admire, que lhe chame a atenção na outra pessoa. Somente após identificar e compreender o que significa esse “algo” (se é amor, admiração, paixão, carência, etc.) é que podemos ver mais profundamente o que estamos sentindo de verdade.


Você deve estar se perguntando: como posso identificar isso?


Paixão é aquele sentimento de “borboletas no estômago”, é quando a adrenalina flui pela corrente sanguínea... o corpo formiga e o estomago se agita e sentimos arrepios. Já o amor é o sentimento que nos preenche, é o que faz o coração bater mais rápido, dá alterações no nosso corpo, mas, principalmente, no nosso coração. Essas são as formas físicas que determinam como amor acontece.


Depois que eu encontrei essa pessoa, como devo proceder para manter essa conquista?


Bom, essa conquista só acontece quando você se amar e transbordar nesse carinho, somente nesse amor consigo mesmo que será capaz de amar outra pessoa. Mas alerto que se não for nessa ordem, a tendência é você viver a vida do outro e não fazer nada por você e por suas escolhas, permitindo assim que várias coisas não tão legais aconteçam dentro desse relacionamento.


Estamos falando aqui no relacionamento amoroso, independente de crença, raça ou gênero. Em outras palavras, falo aqui da responsabilidade e prazer com que lidamos com o outro.


Muitas pessoas me procuram e pedem ajuda com relação a problemas em seus relacionamentos amorosos, principalmente por estarem sozinhas, sem um parceiro ou parceira. Na maioria dos atendimentos, percebo as mesmas perguntas, independente do gênero ou orientação sexual: Por que não acho a pessoa certa? Não existem mais homens (ou mulheres) como antigamente?


Para responder essas perguntas, rememoro alguns versos que li certa vez, da qual não recordo a autoria, mas acredito serem pertinentes na busca de respostas para tantas questões semelhantes:


"Não adianta querer um cavalheiro, se você não tem comportamento de uma dama.

Não adianta querer uma dama, se você não tem comportamento de um cavalheiro.

Não adianta querer ser amado(a), se não se mostra verdadeiro(a) com seu amor próprio.”


Preste atenção no seu comportamento e nos seus objetivos pessoais: Que tipo de pessoa quer ao seu lado? Já listou as suas qualidades? E as qualidades da pessoa que deseja ter? Problemas e defeitos todos têm, a questão é: o quanto seremos tolerantes com eles e o quanto serão com os nossos? A vida a dois é um processo de constante de construção da relação e também de permanente conquista, o qual deve ser trabalhado todos os dias pelo casal.


Se você se identicou com esse artigo e tem difculdades para mudar o seu cenário amoroso, entre em contato comigo. Eu posso ajudar!


#Relacionamentos

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
porto alegre terapia dos numeros
porto alegre fitoenergetica

Visitas:

© 2015 fabylhuz.com - Todos os direitos reservados.